Início Bem-vindo ao PTB - Partido Trabalhista Brasileiro - 14
Palavra do Presidente
Executiva Nacional
Diretórios Estaduais
Bancada no Senado
Deputados Federais
Congresso Trabalhista
Rádio PTB - Download
Eleições 2012
Convenção Nacional 2012
Eleições 2014
Getúlio Vargas
Logomarca do PTB
Consultoria Jurídica
Secretaria
Tesouraria
Galeria de fotos
Arquivos
Webmail
Fale Conosco
Laura fala de sua trajetória e como quer contribuir com o progresso do Rio Imprimir Enviar página por email
Laura Carneiro (PTB) é advogada, já foi vereadora e deputada federal por três mandatos. Eleita em 2012 com 14.621 mil votos, a parlamentar retorna ao Legislativo Carioca para cumprir seu terceiro mandato. Na Câmara Municipal, integrou as Legislaturas de 1989-1992 e 1993-1996. Ainda no âmbito do município, ocupou o cargo de secretária de Desenvolvimento Social, entre os anos de 92 e 93, e esteve à frente da Secretaria de Projetos Especiais, no ano de 1997. Filha do ex-senador Nelson Carneiro, a parlamentar possui um extenso currículo de atividades político-partidárias. Confira abaixa a entrevista de Laura Carneiro à coluna Jogo Rápido, da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Ascom: Porque a senhora decidiu ingressar na carreira política? Foi influenciada pelo seu pai? 

Laura Carneiro: Não. Tudo começou em 1982, quando trabalhava no Senado Federal. Na época, fui assessora legislativa do ex-senador Ulysses Guimarães durante a Assembleia Nacional Constituinte. Filiei-me ao PMDB, integrando o movimento jovem do partido. Depois, fui convidada pelo Mário Covas para ingressar no PSDB pelo Rio de Janeiro. Foi quando conquistei meu primeiro mandato como vereadora carioca. Fui líder do partido na Câmara Municipal e presidente da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor. Em 92 retornei ao PMDB, pois naquela época, meu pai era o presidente regional do partido. Fui reeleita vereadora, porém me licenciei do mandato para ocupar a função de secretária municipal de Desenvolvimento Social. 

Ascom: Quais os avanços na pasta durante a sua gestão? 

Laura: Naquela época a estrutura da Prefeitura era bem diferente e a Secretaria de Assistência Social absorvia diversas ações que hoje são desenvolvidas pelas secretarias do Trabalho, Idoso, Habitação, o programa de reflorestamento, da Meio Ambiente, e ainda, a gestão das creches municipais. Destaco, neste período, a criação do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e do Projeto Mutirão, que deu origem ao Favela-Bairro. Também consegui que as unidades de Educação Infantil fossem administradas pela Secretaria de Educação. A área social sempre esteve presente na minha vida política, é o segmento que mais domino. Na Câmara Federal, fui presidente da Comissão de Seguridade Social e Família. Também consegui aprovar projetos que garantem os direitos da mulher, da família, de servidores públicos e de várias categorias de trabalhadores. 

Ascom: Com a experiência que traz, no âmbito federal, como pretende contribuir com o desenvolvimento da cidade? 

Laura: Nesta Legislatura, ocupei a função de presidente da Comissão Permanente de Abastecimento, Indústria, Comércio e Agricultura. Nosso foco de ação será o microempreendedor. Para isso, procuramos instituições como Firjan, Associação Comercial e Sebrae, para realizar um acordo de cooperação técnica. O objetivo é utilizar todas as informações e estudos desenvolvidos por estas entidades para formar e orientar os novos empreendedores. Teremos aqui no Legislativo Carioca o Balcão Empresa Cidadão, para atendimento do pequeno comerciante. 

Ascom: A Câmara está muito diferente daquela que a senhora deixou em 92? 

Laura: Muito diferente. Eram 42 vereadores. No meu primeiro mandato, por exemplo, participei da formulação da Lei Orgânica Municipal. Hoje, temos mais representantes, porém com uma responsabilidade maior. A Câmara é que vai possibilitar o processo de modernização da cidade. O Legislativo é vital neste processo e deve assumir o papel de parceiro do Executivo no que for melhor para o município. Neste sentido, apresentei minhas sugestões à Mesa Diretora: reforma do Regimento Interno, agilizando o trabalho legislativo, descentralização das competências e ênfase na comunicação com o cidadão. São anos importantes para a cidade e as pessoas precisam saber quais são as competências do Legislativo e o que fazemos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Foto: ASCOM/CMRJ
Diretório Nacional
SEPN Qd. 504, Bl. A, nº 100, cobertura, Edf. Ana Carolina - Brasília-DF - CEP: 70.730-521
Caixa Postal: 9585 - CEP: (da caixa postal) 70.040-976
Fone: (61) 2101-1414 fax: (61) 2101-1400
Copyright 2005 Portal PTB - Todos os direitos reservados